domingo, 23 de março de 2008

SORRI


Sorri quando a dor te torturar
E a saudade atormentar
Os teus dias tristonhos vazios
-
Sorri quando tudo terminar

Quando nada mais restar
Do teu sonho encantador
-
Sorri quando o sol perder a luz

E sentires uma cruz
Nos teus ombros cansados doridos
-
Sorri, vai mentindo à tua dor

E ao notar que tu sorris
Todo mundo irá supor
Que és feliz...
-
CHARLES CHAPLIN

4 comentários:

Maria Eduarda Horta disse...

Passei por aqui para agradecer a tua visita de ontem e as palavras animadoras. Aproveitei e passeei pelo teu espaço. Gostei. Do que escreves e do que publicas. Letras Alinhadas. Vou recomendar no meu blogue. Beijo

Sunshine disse...

Será que o sorriso não contagia a alma e não passa ela também a sorrir?
Bejinhos

Sunshine disse...

Eu quero acreditar que é possível ser realmente feliz e que o sorriso contagia a alma de verdade.
Gostei muito do teu blog.

bulgari disse...

Um dos poemas que mais gosto. Gostei de passar por aqui. Neste blog sorri-se.
Beijos